SINFONIA DA MEMÓRIA


BAGAGEM DE RECORDAÇÕES...

Canções que marcaram um tempo que ficou só na lembrança.

Dá Pra Mim

Polegar

 

Ou ou ou ou ou ou yeah

 

Dizem que sou desmiolado

Que perdi minha razão

Que eu tô batendo pino

Nada a ver

 

Dizem que sou alucinado

Só se for por você

Caí no seu destino amor

Pode crer

 

Não liga não baby

Dá pra mim o seu amor,

Dá pra mim

Não se preocupe que eu serei um bom rapaz

 

Quero seus lábios

dá pra mim o seu carinho dá pra mim

Por você que eu perco o sono, por você que eu ando doido

Amor dá pra mim, dá pra mim

 

Ou ou ou ou ou ou yeah

 

Eu tropeço nas palavras

E começo a gaguejar

E fico abobabado

Se eu te vejo

 

Só quero ir ao seu encontro

E me ver em seu olhar

Beijar a sua boca

Sou louco de desejo

 

Não liga não baby

Dá pra mim o seu amor,

Dá pra mim

Não se preocupe que eu serei um bom rapaz

 

Quero seus lábios

dá pra mim o seu carinho dá pra mim

Por você que eu perco o sono, por você que eu ando doido

Amor dá pra mim, dá pra mim

 

ooooo

 

Não liga não baby

Dá pra mim o seu amor,

Dá pra mim

Não se preocupe que eu serei um bom rapaz

 

Quero seus lábios

dá pra mim o seu carinho dá pra mim

Por você que eu perco o sono, por você que eu ando doido

Amor dá pra mim, dá pra mim

 

Ou ou ou ou ou ou yeah

 

dá pra mim, dá pra mim, dá pra mim, dá pra mim,dá pra mim.

 


Completamente Apaixonados

Marcelo Augusto

 

Juntinhos, apaixonados

Sem destino por aí não tem história

Essa noite pra nós dois é tudo um sonho

Te amo

Juntinhos nós dois e a lua

Feito Adão e Eva em pleno paraíso

E ninguém pra censurar nosso juízo

Te quero

 

Completamente apaixonados

Perdemos toda nossa timidez

Correndo juntos pra cair no mar

Fazendo amor pela primeira vez

Completamente apaixonados

Tudo girando feito um carrossel

Estrelas brilham pra nos espiar

Embriagados de areia

Só você eu, eu e você, você e eu

Eu e você nada é pecado

Estamos apaixonados

 

Felizes, contando estrelas

E a lua se escondendo em seus cabelos

Você pede eu não resisto aos seus apelos

Te quero

 

Completamente apaixonados

Perdemos toda nossa timidez

Correndo juntos pra cair no mar

Fazendo amor pela primeira vez

Completamente apaixonados

Tudo girando feito um carrossel

Estrelas brilham pra nos espiar

Embriagados de areia

Só você eu, eu e você, você e eu

Eu e você nada é pecado

Estamos apaixonados.


Ciumento Demais

Chitãozinho & Xororó

 

Tenho ciúme de você

Não da pra esconder

E amar assim não me faz bem

Como é que eu posso imaginar

Em dividir o seu olhar

Com outro alguém/

 

Tenho ciúme de você

Sou louco por você

Passo da conta sem sentir

E sofro só de imaginar

Outra pessoa em meu lugar te possuir

 

Sou ciumento até demais

E nessas horas sou capaz

De magoar quem machucar

Meu coração

Eu quero é tudo de você

Te dividir, só se eu morrer

Não tenho culpa se eu te amo

Tanto assim

Ciúme acende a paixão

E que se dane a razão

O que eu mais quero é Ter você

Perto de mim

 

Tenho ciúme de você

Sou louco...

 

Composição: César Augusto / Xororó

Te Esquecer é Impossível

Chitãozinho & Xororó

 

Você ainda nem me disse

Por que tudo terminou

Admita, nada fiz de tão errado

Eu te amei bem mais que tudo

Só Deus sabe como

Te amei e foi demais te amar

Se você pensar um pouco

E parar pra refletir

Não pode esquecer de mim

 

A relva, as flores, a roupa, detalhes

O vento, a brisa, o frio, o orvalho

Eu não vou te esquecer, não vou

Te esquecer é impossível,

meu amor...

 

Eu sei que ainda hoje

Mesmo estando longe

Em lembranças temos coisas

tão iguais

Nós não somos diferentes

E na hora exata

Vai lembrar de mim e muito mais

Vai lembrar de nossos passos

Segredos de nós dois

Sei que vai doer demais

 

A relva, as flores, a roupa, detalhes

O vento, a brisa, o frio, o orvalho

Eu não vou te esquecer, não vou

Te esquecer é impossível,

meu amor...

 

Vai deitar vai sonhar

Vai sentir bem mais perto essa dor

Se existir amor por mim

E se cair alguma lágrima

É o orvalho de a...mor

A relva, as flores, a roupa, detalhes

O vento, a brisa, o frio, o orvalho

Eu não vou te esquecer, não vou

Te esquecer é impossível.


Já Nem Sei Mais

Roupa Nova

 

Às vezes não entendo o frio 

Que o silêncio traz 

Me leva a sonhos tão vazios 

Já nem sei mais

 

De manhã, buscando a minha paz 

Meu desejo vai te procurar

 

(Refrão) 

Eu tenho a luz das estrelas 

Na palma da mão 

Mas tudo o que eu mais quero 

É o seu coração 

Eu posso andar no arco-íris 

Dar prata ao luar 

Mas no céu azul 

No azul do mar 

Quero poder te tocar

 

Me pego olhando tão distante 

Quanto tempo faz 

Será que vai ser como antes 

Já nem sei mais

 

Amanhã, quem sabe eu possa te achar 

Tanta coisa eu tenho pra falar

 

Eu tenho a luz das estrelas 

Na palma da mão 

Mas tudo o que eu mais quero 

É o seu coração 

Eu posso andar no arco-íris 

Dar prata ao luar 

Mas no céu azul 

No azul do mar 

Quero poder te tocar

 

Amanhã, quem sabe eu possa te achar 

Tanta coisa eu tenho pra falar

 

Eu tenho a luz das estrelas 

Na palma da mão 

Mas tudo o que eu mais quero 

É o seu coração 

Eu posso andar no arco-íris 

Dar prata ao luar 

Mas no céu azul 

No azul do mar 

Quero poder te tocar

 

Eu tenho a luz das estrelas 

Na palma da mão 

Mas tudo o que eu mais quero 

É o seu coração 

Eu posso andar no arco-íris 

Dar prata ao luar 

Mas no céu azul 

No azul do mar 

Quero poder te tocar.


Bem Maior

Roupa Nova

 

Bem maior do que os mares mais profundos

Bem maior do que os campos que eu vi

Bem maior que o teatro das estrelas

É meu amor por ti

 

Com a força infinita das rochas

Bem mais luz que o sol põe no rubi

Muito mais do que o verde das matas

É meu amor por ti

 

Assim como no inverno

E o sol quente do verão

Eu vou ser a primavera

Do teu coração

 

Foi assim que escrevemos nossa história

É o livro mais lindo que eu li

Uma flor azul que me traga na memória

O meu amor por ti (o meu amor por ti)


Princesa

Roupa Nova

 

Vale tentar viver tudo de mais

Você me faz descobrir

O dom de iluminar

Tudo o que for sentir deve durar

De tanto a luz, explodir

Aprender, conhecer, revelar

Sim, princesa

Sou quem vai chegar

Na chuva da montanha

Vem se molhar

Sempre, pra sempre

Sou do seu querer

Estrela cintilante

Vem me valer

Vale dizer que sim vale chorar

De tanto o som, expandir

Descobrir, conhecer, revelar

Sim, princesa

Sou quem vem pedir

Me faz arder em brasa

Vem e me ascende

Chama, me chama

Sou o seu querer

Estrela cintilante

Vem me valer.


Seguindo no Trem Azul

Roupa Nova

 

Confessar

Sem medo de mentir

Que em você

Encontrei inspiração

Para escrever...

 

Você é pessoa que nem eu

Que sente amor

Mas não sabe muito bem

Como vai dizer...

 

Te dou o meu coração

Queria dar o mundo

Luar do meu sertão

Seguindo no trem azul...

 

Toda vez que for assoviar

A cor do trem

É da cor que alguém fizer

E você sonhar...

 

Não faz mal

Não ser compositor

Se o amor valeu

Eu empresto um verso meu

Prá você dizer...

 

Só me dará prazer

Se viajar contigo

Até nascer o sol

Seguindo no trem azul...

 

Te dou o meu coração

Queria dar o mundo

Luar do meu sertão

Seguindo no trem azul...

 

Vai lembrar

De um cara como eu

Que sente amor

Mas não sabe muito bem

Como vai dizer...

 

Só me dará prazer

Se viajar contigo

Até nascer o sol

Seguindo no trem azul

Uh! Uh! Uh!...

 

Te dou o meu coração

Queria dar o mundo

Luar do meu sertão

Seguindo no trem azul

Seguindo no trem azul...


No Fundo Do Coração

Sandy e Junior

 

Eu quero ser um lindo sonho pro teu coração

Quero fazer da sua vida poesia e canção

Eu quero estar no seu caminho como um raio de sol

E pros teus passos mais distantes te guiar como um farol

Eu quero, é tudo o que eu quero

Do fundo do meu coração

 

Vou te encontrar na luz das estrelas

Te refletir nas águas do mar

Quero ficar assim pra sempre

Porque pra mim a vida é te amar

 

Se por acaso alguma nuvem encobrir o teu céu

Eu vou buscar no arco-íris, aquarela e pincel

Pintar sorrisos nas palavras que você disser

Te dar magia e alegria é meu jeito de dizer

Te amo, que eu te quero

Do fundo do meu coração

 

Vou te encontrar na luz da estrelas

Te refletir nas águas do mar

Quero ficar assim pra sempre

Porque pra mim a vida é te amar

 

Você é um lindo sonho

Que eu vivo ao te olhar

Que acorda o meu coração

Um sonho assim jamais tem fim

 

Eu quero ser um lindo sonho pro teu coração

Quero fazer da sua vida poesia e canção

Eu quero estar no seu caminho como um raio de sol

 

Vou te encontrar na luz das estrelas

Te refletir nas águas do mar

Quero ficar assim pra sempre

Porque pra mim a vida é te amar.


As Quatro Estações

Sandy e Junior

 

A noite cai, o frio desce

Mas aqui dentro predomina

Esse amor que me aquece

Protege da solidão

 

A noite cai, a chuva traz

O medo e a aflição

Mas é o amor que está aqui dentro

Que acalma meu coração

 

Passa o inverno, chega o verão

O calor aquece minha emoção

Não pelo clima da estação

Mas pelo fogo dessa paixão

 

Na primavera, calmaria

Tranquilidade, uma quimera

Queria sempre essa alegria

Viver sonhando, quem me dera

 

No outono é sempre igual

As folhas caem no quintal

Só não cai o meu amor

Pois não tem jeito, é imortal

No outono é sempre igual

As folhas caem no quintal

Só não cai o meu amor

Pois não tem jeito, não

É imortal

Uh, uh, uh, uh, é imortal

 

A noite cai, o frio desce

Mas aqui dentro predomina

Esse amor que me aquece

Protege da solidão

 

A noite cai, a chuva traz

O medo e a aflição

Mas é o amor que está aqui dentro

Que acalma meu coração

 

Passa o inverno, chega o verão

O calor aquece minha emoção

Não pelo clima da estação

Mas pelo fogo dessa paixão

 

Na primavera, calmaria

Tranquilidade, uma quimera

Queria sempre essa alegria

Viver sonhando, quem me dera

 

No outono é sempre igual

As folhas caem no quintal

Só não cai o meu amor

Pois não tem jeito, é imortal

No outono é sempre igual

As folhas caem no quintal

Só não cai o meu amor

Pois não tem jeito, não

É imortal

Uh, uh, uh, uh, é imortal

Uh, uh, uh, uh, é imortal

 

No outono é sempre igual

As folhas caem no quintal

Só não cai o meu amor

Pois não tem jeito, é imortal

No outono é sempre igual

As folhas caem no quintal

Só não cai o meu amor

Pois não tem jeito, não

É imortal

Uh, uh, uh, uh, é imortal

Uh, uh, uh, uh, é imortal.


Quando Você Passa (Turu Turu)

Sandy e Junior

 

Esse turu, turu, turu aqui dentro

Que faz turu, turu, quando você passa

Meu olhar decora cada movimento

Até seu sorriso me deixa sem graça

 

Se eu pudesse te prender

Dominar seus sentimentos

Controlar seus passos

Ler sua agenda e pensamento

Mas meu frágil coração

Acelera o batimento

E faz turu, turu, turu, turu, turu, turu tu

 

Se esse turu tatuado no meu peito

Gruda e o turu, turu, turu, não tem jeito

Deixa sua marca no meu dia a dia

Nesse misto de prazer e agonia

 

Nem estou dormindo mais

Já não saio com os amigos

Sinto falta dessa paz

Que encontrei no seu sorriso

Qualquer coisa entre nós

Vem crescendo pouco a pouco

E já não nos deixa sós

Isso vai nos deixar loucos

 

Esse turu, turu, turu aqui dentro

Que faz turu, turu, quando você passa

Meu olhar decora cada movimento

Até seu sorriso me deixa sem graça

 

Nem estou dormindo mais

Já não saio com os amigos

Sinto falta dessa paz

Que encontrei no seu sorriso

Qualquer coisa entre nós

Vem crescendo pouco a pouco

E já não nos deixa sós

Isso vai nos deixar loucos

 

Se é amor, sei lá

Só sei que sem você parei de respirar

E é você chegar

Pra esse turu, turu, turu, turu vir me atormentar

 

Se esse turu tatuado no meu peito

Gruda e o turu, turu, turu, não tem jeito

Deixa sua marca no meu dia a dia

Nesse misto de prazer e agonia

 

Eu desisto de entender

É um sinal que estamos vivos

Pra esse amor que vai crescer

Não há lógica nos livros

E quem poderá prever

Um romance imprevisível

Com um turu, turu, turu, turu, turu, turu, tu

 

Se esse turu tatuado no meu peito

Gruda e o turu, turu, turu, não tem jeito

 

Nem estou dormindo mais

Já não saio com os amigos

Sinto falta desse turu, turu, turu, turu, turu, tu.


A Lenda

Sandy e Junior

 

Bem lá no céu uma lua existe

Vivendo só no seu mundo triste

O seu olhar sobre a terra lançou

E veio procurando por amor

 

Então o mar, frio e sem carinho

Também cansou de ficar sozinho

Sentiu na pele aquele brilho tocar

E pela lua foi se apaixonar

 

Luz que banha a noite

E faz o sol adormecer

Mostra como eu amo você

 

Se a lenda dessa paixão

Faz sorrir ou faz chorar

O coração é quem sabe

Se a lua toca no mar

Ela pode nos tocar

Pra dizer que o amor não se acabe

 

Se cada um faz a sua história

A nossa pode ser feliz também

Se um coração diz que sim à paixão

Como pode o outro dizer não?

 

Luz que banha a noite

E faz o sol adormecer

Mostra como eu amo você

 

Se a lenda dessa paixão

Faz sorrir ou faz chorar

O coração é quem sabe

Se a lua toca no mar

Ela pode nos tocar

Pra dizer que o amor não se acabe

 

Se a lenda dessa paixão

Faz sorrir ou faz chorar

O coração é quem sabe

Se a lua toca no mar

Ela pode nos tocar

Pra dizer que o amor não se acabe

 

Se a lenda dessa paixão

Faz sorrir ou faz chorar

O coração é quem sabe

Se a lua toca no mar

Ela pode nos tocar

Pra dizer que o amor não se acabe.


Quer Ser

Ei, eu te direi o que quero, o que eu realmente quero

Então, diga-me o que você quer, o que você realmente quer

Eu te direi o que quero, o que eu realmente quero

Então, diga-me o que você quer, o que você realmente quer

Eu te direi o que quero, o que eu realmente quero

Eu realmente, realmente quero um zigue-zague, ah

 

Se você quer meu futuro, esqueça meu passado

Se você quer ficar comigo, é melhor ir rápido

Agora não vá desperdiçar meu tempo precioso

Componha-se, nós podemos ficar bem juntos

 

Eu te direi o que quero, o que eu realmente quero

Então, diga-me o que você quer, o que você realmente quer

Eu te direi o que quero, o que eu realmente quero

Eu realmente, realmente quero um zigue-zague, ah

 

Se você quer ser meu namorado, tem que estar com meus amigos

Faça durar para sempre, amizade nunca acaba

Se você quer ser meu namorado, tem que conseguir se entregar

Conquistar é fácil demais, mas é assim que isto é

 

O que você acha disso?

Agora que sabe o que eu sinto

Diga que pode lidar com meu amor, você é real?

Eu não serei apressada, eu te darei uma chance

Se você realmente me incomodar, então eu direi adeus

 

Ei, eu te direi o que quero, o que eu realmente quero

Então, diga-me o que você quer, o que você realmente quer

Eu te direi o que quero, o que eu realmente quero

Eu realmente, realmente quero um zigue-zague, ah

 

Se você quer ser meu namorado, tem que estar com meus amigos

Faça durar para sempre, amizade nunca acaba

Se você quer ser meu namorado, tem que conseguir se entregar

Conquistar é fácil demais, mas é assim que isto é

 

Então, essa é a história de A a Z

Você quer ficar comigo, você deve ouvir com atenção

Nós temos um lugar que gostamos no seu rosto

Nós temos G como MC que gosta disso sobre um

Fácil V não vem de graça

Ela é uma verdadeira dama

E quando à mim, ah, você verá

 

Jogue o seu corpo e gire-o ao seu redor

Jogue o seu corpo e gire-o ao seu redor

 

Se você quer ser meu namorado, tem que estar com meus amigos

Faça durar para sempre, amizade nunca acaba

Se você quer ser meu namorado, tem que conseguir se entregar

Conquistar é fácil demais, mas é assim que isto é

 

Se você quer ser meu namorado, você tem

Você tem, você tem, você tem

Você tem que se jogar, se jogar, se jogar, se jogar

 

Jogue o seu corpo e gire-o ao seu redor

Jogue o seu corpo e gire-o ao seu redor

 

Jogue o seu corpo e gire-o ao seu redor

Jogue o seu corpo e gire-o e faça um zique-zague, ah

 

Se você quer ser meu namorado.

Esperando Na Janela

Cogumelo Plutão

 

Quando me perdi

Você apareceu

Me fazendo rir

Do que aconteceu

E de medo olhei

Tudo ao meu redor

Só assim enxerguei

Que agora eu estou melhor

 

Você é a escada da minha subida

Você é o amor da minha vida

É o meu abrir de olhos do amanhecer

Verdade que me leva a viver

Você é a espera na janela

A ave que vem de longe tão bela

A esperança que arde em calor

Você é a tradução do que é o amor

 

E a dor saiu

Foi você quem me curou

Quando o mal partiu

Vi que algo em mim mudou

No momento em que quis

Ficar junto de ti

E agora sou feliz

Pois lhe tenho bem aqui

 

Você é a escada da minha subida

Você é o amor da minha vida

É o meu abrir de olhos do amanhecer

Verdade que me leva a viver

Você é a espera na janela

A ave que vem de longe tão bela

A esperança que arde em calor

Você é a tradução do que é o amor

 

Quando me perdi

Você apareceu

Me fazendo rir

Do que aconteceu

E de medo olhei

Tudo ao meu redor

Só assim enxerguei

Que agora eu estou melhor

Estou melhor!


Atrapalhado

Tudo começou por um capricho teu

Eu não ligava, era apenas sexo

Mas o sexo é uma atitude

Como a arte em geral

E talvez eu tenha entendido e estou aqui

 

Desculpe, sabe, se tento insistir

Me torno insuportável, eu sou

Mas te amo, te amo, te amo

É engraçado, tudo bem, é antiquado, mas te amo

 

Desculpe se te amo e se nos conhecemos

Há dois meses ou pouco mais

Desculpe se não falo baixo

Mas se não grito, morro

Não sei se sabe que te amo

E desculpe-me se rio, me embaraço todo

Olho pra ti fixamente e tremo

À ideia de te ter ao meu lado

E me sentir somente teu

E estou aqui e falo emocionado

E sou um atrapalhado!

E sou um atrapalhado!

 

Oi, como está? Pergunta inútil!

Mas o amor me torna previsível

Falo pouco, eu sei, é estranho, dirijo devagar

Será o vento, será o tempo, será... fogo!

 

Desculpe se te amo e se nos conhecemos

Há dois meses ou pouco mais

Desculpe se não falo baixo

Mas se não grito, morro

Não sei se sabe que te amo

E desculpe se rio, me embaraço todo

Olho pra ti fixamente e tremo

À ideia de te ter ao meu lado

E me sentir somente teu

E estou aqui e falo emocionado

E sou um atrapalhado!

E sou um atrapalhado!

 

Eu, sim

Ah, mas te amo


Aceite-me

Estamos conversando à toa

Eu não sei o que dizer

Direi de qualquer maneira

Hoje é outro dia para encontrar você

Fugindo da timidez

Estarei vindo pelo seu amor, ok?

 

Aceite-me (aceite-me)

Aceite-me (aceite-me)

Partirei

Em um ou dois dias

 

Tão desnecessário dizer

Sou insignificante

Mas estarei tropeçando

Aos poucos aprendendo que a vida é legal

Repita comigo

Não é melhor estar seguro do que arrependido

 

Aceite-me (aceite-me)

Aceite-me (aceite-me)

Partirei

Em um ou dois dias

 

Oh, as coisas que você diz

É a vida ou apenas para espantar minhas preocupações?

Você é tudo que tenho que lembrar

Você está se afastando

Estarei vindo pra você de qualquer maneira

 

Aceite-me (aceite-me)

Aceite-me (aceite-me)

Partirei

Em um dia

Aceite-me (aceite-me)

Aceite-me (aceite-me)

Partirei

Em um dia...

Lea - Toto

Esta é para as poucas

Que partiram, meu amor

Somente para você, com quem eu me importei, meu amor

Eu tenho esperança, e eu sei que é somente você

Protegida por silencio

 

Esta é para você, quem salvou o meu amor

Somente para você, eu dei meu amor

Eu tenho pensado e isto não é tudo o que aparenta?

 

Lea, quanto tempo você quer que eu te queira?

Dentro e ao seu arredor

Lea, minha melodia

Você ainda quer que eu te queira?

 

Esta é para você, quem desafiou meu amor

Somente com você, eu compartilhei meu amor

Eu tenho pensado, e isto não é tudo o que aparenta?

Então eu estou pedindo

 

Lea, quanto tempo você quer que eu te queira?

Dentro e ao seu arredor

Lea, minha melodia

Você ainda quer que eu te queira?

 

Quem se importa o que os cínicos dizem?

Eu me importo, somente se você estiver a caminho

Minha Lea, não deixe que isso seja verdade

 

Lea, você ainda quer que eu te queira?


Por Que, Amada? - Century

 

Um sinal do tempo

Eu perdi minha vida, esqueci de morrer

Como qualquer homem, um cara assustado

Estou mantendo dentro as memórias

De amor ferido

 

Mas eu sei

Estou mais que triste e hoje mais

Estou engolindo palavras duras demais para dizer

Uma única lágrima e estou longe

Longe e arruinado

 

Eu preciso de você

Tão distante do inferno, tão distante de você

Pois o céu está pesado e negro e cinzento

Você é apenas um alguém que se foi

Você nunca disse adeus

 

Por que, amada, por quê?

Por que as flores morrem?

Por que, amada, por quê?

 

Toda vez

Eu ouço sua voz, você ouve meu nome

Você causou o incêndio, eu molhei a chama

Eu flutuo pela vida, não posso tomar chuva

Não volto atrás

 

Eu preciso de você

Tão distante do inferno, tão longe de você

Porque o paraíso está difícil e preto e cinza

Você é apenas um alguém que se foi

Você nunca disse adeus

 

Por que, amada, por quê?

Por que as flores morrem?

Por que, amada, por quê?

 

Por que, amada, por quê?

Por que as flores morrem?

Por que, amada, por quê?


Meu Mundo e Nada Mais

Guilherme Arantes

 

Quando eu fui ferido

Vi tudo mudar

Das verdades

Que eu sabia

 

Só sobraram restos

Que eu não esqueci

Toda aquela paz

Que eu tinha

 

Eu que tinha tudo

Hoje estou mudo

Estou mudado

À meia-noite, à meia luz

Pensando!

Daria tudo, por um modo

De esquecer

 

Eu queria tanto

Estar no escuro do meu quarto

À meia-noite, à meia luz

Sonhando!

Daria tudo, por meu mundo

E nada mais

 

Não estou bem certo

Se ainda vou sorrir

Sem um travo de amargura

 

Como ser mais livre

Como ser capaz

De enxergar um novo dia

 

Eu que tinha tudo

Hoje estou mudo

Estou mudado

À meia-noite, à meia luz

Pensando!

Daria tudo, por um modo

De esquecer

 

Eu queria tanto

Estar no escuro do meu quarto

À meia-noite, à meia luz

Sonhando!

Daria tudo, por meu mundo

E nada mais.


Um Dia, Um Adeus

Guilherme Arantes

 

Só você pra dar

A minha vida direção

O tom, a cor

Me fez voltar a ver

A luz, estrela no deserto a me guiar

Farol no mar da incerteza

 

Um dia, um adeus

E eu indo embora

Quanta loucura

Por tão pouca aventura

 

Agora entendo

Que andei perdido

O que é que eu faço

Pra você me perdoar

 

Ah! Que bom seria

Se eu pudesse te abraçar

Beijar, sentir

Como a primeira vez

Te dar o carinho

Que você merece ter

E eu sei te amar

Como ninguém mais

 

Ninguém mais

Como ninguém jamais te amou

Ninguém jamais te amou

Te amou

 

Ninguém mais

Como ninguém jamais te amou

Ninguém jamais te amou

Como eu, como eu.


Amanhã

Guilherme Arantes

 

Amanhã

Será um lindo dia

Da mais louca alegria

Que se possa imaginar

Amanhã

Redobrada a força

Pra cima, que não cessa

Há de vingar

 

Amanhã

Mais nenhum mistério

Acima do ilusório

O astro rei vai brilhar

Amanhã

A luminosidade

Alheia à qualquer vontade

Há de imperar

Há de imperar

 

Amanhã

Está toda a esperança

Por menor que pareça

Existe e é pra vicejar

Amanhã

Apesar de hoje

Será a estrada que surge

Pra se trilhar

 

Amanhã

Mesmo que uns não queiram

Será de outros que esperam

Ver o dia raiar

Amanhã

Ódios aplacados

Temores abrandados

Será pleno

Será pleno.


Cheia de Charme

Guilherme Arantes

 

Quando a vi

Logo ali, tão perto

Tão ao meu alcance

Tão distante, tão real

Tão bom perfume

Sei lá!

 

Investi

Tudo naquele olhar

Tantas palavras num breve sussurrar

Paixão assim

Não acontece todo dia

 

Huuuuum

Cheia de charme

Um desejo enorme

De se aventurar

Cheia de charme

Um desejo enorme

De revolucionar

Oh! Oh! Oh!

 

Me perdi

Entre os seus cabelos

Pela sua pele

Nos seus lábios tão macios

Tão bom perfume

Sei lá!

 

Investi

Tudo naquele olhar

Tantas palavras num breve sussurrar

Paixão assim

Não acontece todo dia

 

Huuuuum

Cheia de charme

Um desejo enorme

De se aventurar

Cheia de charme

Um desejo enorme

De revolucionar

Oh! Oh! Oh!

Oh! Oh! Oh!

 

Paixão assim

Não acontece todo dia

 

Huuuum!

Cheia de charme

Um desejo enorme

De se aventurar

Cheia de charme

Um desejo enorme

De revolucionar

 

Cheia de charme

Um desejo enorme

De se aventurar

Oh!

Que a força do medo que tenho,
não me impeça de ver o que anseio.
Que a morte de tudo em que acredito,
não me tape os ouvidos e a boca,
porque metade de mim é o que eu grito,
mas a outra metade é silêncio.
Que a música que ouço ao longe
seja linda ainda que tristeza.
Que a mulher que amo seja pra sempre amada
mesmo que distante
porque metade de mim é partida
mas a outra metade é saudade.

Quer as palavras que eu falo
não sejam ouvidas como prece nem repetidas com fervor
apenas respeitadas, como a única coisa
que resta a um homem inundado de sentimentos,
porque metade de mim é o que ouço
mas a outra metade é o que calo.
Que essa minha vontade de ir embora
se transforme na calma e na paz que eu mereço.
Que essa tensão que me corrói por dentro
seja um dia recompensada.                                                                                                                                   Que o espelho reflita meu rosto num doce sorriso
que me lembro ter dado na infância.                                                                                                      Porque metade de mim é a lembrança do que fui,
mas a outra metade não sei.
Que o medo da solidão se afaste
e o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável
porque metade de mim é o que penso
a outra metade um vulcão.

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
pra me fazer aquietar o espírito
e que o seu silêncio me fale cada vez mais
porque metade de mim é abrigo
mas a outra metade é cansaço
Que a arte nos aponte uma resposta
mesmo que ela não saiba
e que ninguém a tente complicar
porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer.
Porque metade de mim é platéia
mas a outra metade é canção.
Que a minha loucura seja perdoada
porque metade de mim é amor
e a outra metade também.
Compositores: Oswaldo Montenegro / Oswaldo Viveiros Montenegro
Letra de Metade © Warner/Chappell Music, Inc