UM CONTO QUE TODOS CONTAM:                          O AMOR!


  

MEU LIVRO APAIXONADO

Eu nunca imaginei que um dia,
Eu viveria um amor tão grande assim!
Eu nunca pensei que um livro,
Pudesse brotar tanto amor em mim.

Eu já li vários semelhantes a ele
Mas, nunca com tão grandioso autor.
Quando eu entrei dentro dele
Fui abraçada por suas palavras de amor.

Cânticos aos meus ouvidos,
Foram suavemente reproduzidos.
Pensei até que havia morrido,
Pois, legiões de anjos eram percebidos.

Por sua eloquência doutrinária,
Logo eu quis ser uma missionária.
Levar ao mundo aquela boa-nova
Fosse em rimas, versos ou trova.

A portadora de um jubileu!
Alcançar todos os povos e nações
Assim com o pagão e o ateu!
Sensibilizar todos os corações.

O que aquele livro fez em mim,
Poderia ser registrado em pergaminho.
Endireitou minhas veredas,
Me ensinou o reto caminho.

Hoje eu não vivo mais a triste sina,
Meu livro apaixonado nunca termina.
Seu autor admirável me ensina,
A sempre confiar em tua lei
E a Ele eu sei que sempre seguirei.

Meu livro apaixonado é minha Bíblia
Que eu devoro constantemente.
É a na palavra de Deus pura e sublime,
Que ilumino a minha mente.
E em cuja minha alma se redime,
Para sempre fielmente.

Elizângela Eliz


É tão extenuante esta caminhada...

Sinto que meus pés são como chumbo,

que se arrastam debilmente pelo mundo. 

Já sonhei que eu era a estatua 

dos pesadelos de Nabucodonosor.

Praga milenar decretada,

para trazer até a humanidade 

guerra, violência e dor.

Contudo, luto por remissão

pois sinto em minha alma

a dignidade da libertação.

O amor é libertador!

Apenas o amor, cura minha dor!

O mau não será capaz

de me recrutar para seus jogos mortais.

Dentro em mim reina a paz.

Pois, meu coração é infindo!

E eu sei que ele não se perdeu!

Também nunca deixou de ser TODO TEU.

LIZ NASCIMENTO 




 
De um jeito encantador,
Façanhamente discreto,
Esbanja sutileza, simpatia e vigor.
É, portanto, o predileto.
De vez em quando, 
como um heroi de ocasião,
brinca como uma criança,
se fazendo de fujão...
Mas também tem pinta de bom moço,
já que isso lhe convém,
Sempre envolvido numa desculpa...
a de não pertencer a ninguém.
Pode ser que não perceba,
Que da vida sabe, sim, aproveitar
Aprecia uma boa companhia
E nem precisa sair do lugar...
Me entrego a contar com a sorte
todos os dias ao vê-lo passar...
Mas já me fez ficar esperando
como quem diz... "Volto já!"

É, contudo, um viajante,
segue em frente... decidido!
De vez em quando fica distante
E dá uma de arrependido.
Me deixando preocupada,
por, de repente, tê-lo perdido.
Quem não se importa, já o conhece...
Perdoa e está tudo bem!
Esse seresteiro rebelde
Já fez da Lua, sua refém!
Mas tem luz própria... É como o Sol!
Oferecendo a todos um novo despertar...
Seu sorriso, como um poema,
Faz o dia iluminar.
Nele se inserem emoções serenas
doces como um beijo e profundas como o olhar!
O passado lhe condena,
Mas o futuro... somente ele dirá!

Seu grito, no silêncio...
ecoa pelo horizonte sem fim.
Atravessa campinas, oceanos e até o deserto...
Traça linhas em que plebeia vira princesa
e o longe, fica mais perto!
Em sua bagagem carrega sonhos...
o suficiente para seduzir,
Cantando melodias ao vento,
seja aqui ou... ali,
dá sentido à vida, pelo simples fato do existir...
Sabe dançar...é animado!
Possuidor de talentos variados!
Entende línguas de outros lugares,
com curiosidade, vai somando aprendizados.
Abraça os continentes e mares...
Juntos estão sincronizados. 

Quantas qualidades possui!
Nele não vejo nenhum defeito.
Me ensinou a entender o que é possível,
E nem por isso se dá por satisfeito.
Com ele me faço feliz,
Mas, se faz de difícil... não tem jeito!
Às vezes, mesmo temperamental,
todos o querem por perto...
pois é da sua excêntrica "imperfeição"... 
valorizar os momentos... Como é esperto!
Esse ser  misterioso é uma incógnita...
Chamo-o de agora, hoje, presente...
e até de passado...
Chamo-o sempre, pois ele é o TEMPO!
Nossa história, escrevemos juntos... lado a lado.
Meu coração lhe pertence,
e de espaço está repleto...
Sou a ESPERANÇA, não tenho pressa...
Junto a mim, se torna completo...
Não existe razão alguma
pra deixar de ser o meu predileto.

*******
Serena

JOÃO AMADO...

João "Nobre", abriu mão de tudo! Ao seu querer!
Para viver" atitude!" Uma riqueza  quê não há quem roube!
 "Deus o ajude!"

João"Esperança",  se entregou ao amor...
Quê sentia ainda criança, adulto muito novo o praticou!


João "Bobo", um dos primeiros apelidos quê ganhou!
Mais depois de tanto amor
"João "Amado" foi o quê pegou!


Ele amava tanto que causava até espanto...
Uma moça passava e "Querida" lhe retribuiu o encanto...
Agora João ama um tanto e outro tanto!

João "Apegado",a tudo...
Conversava com os mudos!
E cantava para os surdos!
Para os cegos alegrava as cores," uns diziam Absurdo!"


"Amor demais não mata!"
A não ser quê?  O próprio a sí mesmo falta!
João perdeu "Querida" na metade da vida!
Do amor seu, lhe faltou guarida...

João "Triste" a lacuna insiste e persiste...
Para sua dor lhe faltou amor," ele não resiste!"
Agora todos estão perplexos vendo "João triste!"


De tanta fidelidade, não quis outra"Querida", preferiu a saudade!
"João "Pela metade!"
O calor feminino lhe causou desatinos"Verdade"..
Um amigo de improviso, lhe apresentou "Necessidades!"
Um momento de franqueza"Nessa cidade"..


"Uma dose de álcool para cada  "Solidão do João!"
Sentia em níveis autos, a falta de "Afeição"... 

João "Amado" foi encontrado deitado, 
em um banco de praça estava jogado...
Mais o amor se lembra por quem foi plantado!


Todos que conheciam João, lhe voltavam a atenção...
O amavam muito, e não o deixaram ali no chão...
E a safra de amor, de outrora plantação...
Colheitas para o  Amado João..

Amor! Muitas vezes não e reconhecido!
E pôr muitas outras nos sentimos esquecidos...

Mais! O mais importante que ter Amor!
E distribuir amor...
E ser Amado! Isso João notou...

Quem ama, não se esquece dele!
Sim! "João aquele!"

O amor levanta caídos e cicatriza feridos...
Hoje "João Amado Querido" em dobro...
E sua nova esposa" Apaixonada", se exibem ao  povo...


 João "Apegado"
 João"Esperança"
João "Nobre"
João "Bobo"
João "Triste"
Ou simplesmente"João Comum" filho do povo...
Vai além de nomes e peculiaridades de valores tabelados...
O valor de um "João Amado!!"


Escolha ser amado...
Amar e ser lembrado!
Ou se lembre de quem te amou!
E devolves a terra os frutos da semente que ele,plantou!


Não abra mão de quem você ama!
Drogas, Bebidas prostituição!
Corre logo vai ajudar o seu" JOÃO!"
Não deixe apagar essa chama!

Autor; lorisvaldolopes.blogspot.com.br

lorisvaldolopes.blogspot.com.br

Suave e sereno
Como as ondas do mar...
É assim que agora está...
Sem falar
...pensa,
...sente,
...observa,
... talvez esteja a amar!
Não!.. Não seria capaz de revelar...
É prudente,
Sensível
Experiente!
Não!.. Ainda lhe falta coragem...
Sonha...
Espera...
Sentinela...
Silencia...
Faz suspense!
Me inflama... me encanta... Pura magia!
Com a razão...
Se entrega à mais perfeita sincronia...
Mas, como gostaria de lhe dizer...
"Vem amor!"
Venha sem medo... sem receio...
Me iluminar com o seu sorriso de estação,
Invadir meu campo de concentração...
Deixar de... tanto não!!
"Vem amor!"
Aproveitar a ocasião...
Sentir o momento... 
Entregar-se à ação!
Na sua incerteza...
Olhe no meu olhar!
Sinta o meu pulsar...
Vem me completar! 
O que tenho a oferecer é... reação!
Doce como o algodão,
Ardente como a inspiração,
suave como a compreensão...
Mas que... satisfaz com precisão e
causa delírios na solidão.
Exuberante sensação!
Então...
"Vem meu amor!"
Transbordar em mim a sua fúria de vulcão...
Me arrancar  vapores de emoção...
E suspiros de inquietação!
Vem se entregar de vez à chama dessa paixão!
Fazer o tempo balançar,
o longe ficar perto...
Vem satisfazer a nossa sede de amar!
Amor!...
"Me arremessa para as nuvens e transforma o meu sonho em...sonho!"
Só você pode... 
Ainda quer pensar?

**
Serena



  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


O Rancho de sapê  (não da pra esquecer)...


Um pequeno pedaço de chão escriturado dentro do coração,

aos pés de uma serra, desfrutava de grande sombra.

Um pomar de imensa fartura, abacates, laranjas , pés de limão e de mangas.

De tamanha  bondade no colo da mãe natureza,

fartura nas roças, arroz, feijão, milho , melancia, "e pés nativos de pitomba!"

(que nos serviam de sobremesa) 

Assoalho de chão batido, e pilares de aroeira,

das bicas, a  água era transportada por cochos de madeira,

 atravessava a cozinha,

dispensando uso de torneiras!

Os bananais ,

 tinham sua própria mata margeando o riacho ,

sobre as traves da área,

se exibiam maduras e abundantes em   seus cachos!

Em latas bem guardadas ,

o segredo da conservação, 

doces variados,

 carnes com sabor preservado,

bolos assados e pão! 

Em volta do fogão de lenha,

era o melhor lugar ,

 para se reunir,

sem jornal ou novela,

casos contos e prosas belas,

dificilmente se ouvia repetir!

Enquanto o biscoito de polvilho crescia,

 a chapa mantinha aquecido o bule de café...

Quente e saboroso permanecia,

e depois do caso pronto quem não quer?

 Todos querem não e?

(Eu já sabia...)

Vamos conhecer melhor o rancho de sapê...

Um quintal bem varrido onde servem milho as galinhas,

e as aves se misturavam tentando enganar a gente,

um celeiro prevenido onde se guardava,de preferido,

o colhido e também sementes...

A marca de chão queimado,

indicava o lugar da reunião, em volta da fogueira a noitinha,

Um violeiro e seu amor primeiro,e um coral de criancinhas!"

Uma noite bem aproveitada,

pouco adiante do empoleirar das galinhas,

um carinho a madrugada,

enquanto se assa o pão de queijo!

O dia e apressado inicia antes do sol,

e um bocadinho antes da aurora (de madrugadinha,)

As crianças ainda sonham,

o pai e a mãe se acompanham,

apartar o gado fica por segundo,

da tempo  prum beijo,que apelidaram de,

 (o melhor do mundo!) 

Na luz do dia , o leite já tirado, vira doces e  queijos,

 a produção ali não para, "Iguar o Sor" que vai subindo !

E quando o sol esquenta demais,

corre todo mundo e o menor fica pra traz,

(tudo isso pra ser levado nos braços de seu pai)  ...

E m direção a cachoeira,

depois de um dia duro, o cansaço e trocado por brincadeiras!

Faz balanço , faz encanto ,

casinha em cima da mangueira,

onde reina os pequeninos!

Desconfio que este lugar tem magia,

 "Não se envelhecem são todos meninos"...

O pai vira montaria,

forma-se fila e gritaria...

Parar montado nele minguem conseguia!

Já e tarde começa escurecer, hora da fogueira debaixo da mangueira,

 no meu eterno "Rancho de sapê,

De todas recordações essa sempre será a primeira,

sempre estará aqui , não há como esquecer! 

O Rancho de sapê(não da pra esquecer)...


Autor: lorisvaldolopes.blogspot.com.br



 

 

Mademoiselle "Permita-me..."

Dirigir-te-ei minha agradabilidade? 

Resultado da esmera beleza , que despertas a minha admiração por ti!

Como podes continuamente surpreender-me?

Como se não bastasse a ultima lembrança tua, da qual "Bela" já eras invicta!

Mademoiselle Permita-me:   

Te comparar com as flores brilhantes que cingem a lua no céu!

Ou as estrelas que nasceram em jardins de tão belas...

Uma noiva prometida e desejada, cobiçado segredo ,me vejo perdido embriagado ao léu!

 Dentre todas,"És tu minha preferida" a mais singela!

Mademoiselle, ser-lhe-ei indiscreto ao confessar-te, " Não consigo imaginar-te mais bela!"

Devo admitir certamente serei surpreendido!

Como estou agora, deslumbrado, reconhecendo minha tola limitação ao vê-la! 

Permita-me este doce encanto tão atrativo!

Formosa aos olhos, e cobiçada ao coração...

Cortejar-te-ei com sinceros atributos almejando sempre teu regresso...

São os mínimos plausíveis de minha gratidão!

Mademoiselle "Permita-me",  dedicar-te estes versos!

Autor:

lorisvaldolopes.blogspot.com.br


Devemos correr de encontro a nós mesmos...

Nós alcançarmos em nossas dúvidas!

E vivermos!

Aproveitar cada segundo de um imenso infinito,

que vai ,gerar esse nosso amor tão bonito!

Não quero mais um amanhã,

este um de agora já me parece tão distante!

Sabes tão bem, quanto eu...

Que desde muito, muito antes...

O nosso amor aconteceu!

Agora um insolente esperar(exige muito entre nós)...

Nós castiga, em atraso essa  interrogação...(?)

Precisamos ouvir o que tem a dizer o coração,

 que tem mais juízo que nossa própria voz...

Já que estamos aqui, assim tão perto...

Ouvindo esse desejo gritar por "Sim!"

Sei que estamos certos...

Chega! Pensando em você e em mim!

Essa distancia hoje, vai conhecer o fim!

Agora vamos apagar essa lua...

E retardarmos o  próximo nascer do sol...

Quero ouvir-te, me dizendo (sou tua)...

Eu me entrego, te querendo "Pra sempre!"

Me ofereço a você,seguro e  intransigente!

E tudo que existir de belo a nossa volta...

Dias de sol e  noites estreladas...

E todas as certezas serão  nossas!

Entre versos e poesias,permearemos nossa estrada! 

O amor e a maior de todas as certezas...

Que posso encontrar...

Não da mais pra esperar!

Autor:

lorisvaldolopes.blogspot.com.br


 

 

A TI ME OFEREÇO!

Sou a sede,

que desce em forma de chuva,

a molhar todo o teu corpo!

O sol que aquece,

 os calafrios de teus desejos !

O conflito de um sábio,

na intervenção de louco...

Sou um anelo pretensioso,

a me encontrar em teus ensejos!

Sou assim,

manso e selvagem!

Ao menor de teus sinais...

Atento... 

....submisso.....voraz!

Percorro todo o seu corpo,

sem medo, sem pressa, sem volta,

vim por ti e por ti, seguirei nesta viagem!

"Me deixas  ficar?"

Em teus abraços,

e me refugiar em teu corpo?

(sou o teu segredo), "Mulher!"

A coragem, que nasceu no beijo,

de um desejo,

que não foi pouco !  

Sei que também me quer?

Seremos vidas atrevidas...

E Noites mal dormidas!

Viveremos  nós dois assim...

Sou o teu começo,

Tua historia para ser vivida...

 Sejas o meu Sim?

"A ti me ofereço!"  

Autor:

lorisvaldolopes.blogspot.com.br SEMENTESLANÇADAS


 

 

De todas as minhas imperfeições,

 me nego merecedor de qualquer glória,

sou homem desde a madre do leito materno!

Nasci,cresci e a solidão me cobrou companheira,

ao longo de minha trajetória!

E quantos amores pensei ter enganado,

sendo eu que não havia  alcançado, o meu calor de invernos!

Não me encontrara, suficiente e bastante!

Para o que pensará ser, impossível e distante...

Seguindo o amor, ele me conduziu a você!

Sei que tens temor de um amor que te faças sofrer!

 Estou aqui, imperfeito, tímido e audacioso,

 diante deste teu olhar!

Não há como esconder as evidencias de uma atração...

"Impossível ve-la assim tão bela, e não fazer promessas de amar!

(Preciso que me ajude),

me deixando morar neste teu coração! 

Não haverá mais passado a ser comemorado!

Vou ser diferente!!

Acredite neste amor, estou apaixonado!

E vou mudar pra que exista a gente...

Autor:

lorisvaldolopes.blogspot.com.br


AMOR SEM A PRIMEIRA VISTA...

"Se parece com uma doce loucura!!"

Mais já estou te amando...

Não me venhas pela sorte,

nem  por escolhas, de intensas procuras!

Estou imaginando, (você),

 isto é sina, de inevitável , e forte!

Te amo porquê não te vejo!

Te amo pôr puro desejo...

Vontade incontrolável por  seu  afeto...

Muita fome pôr teus carinhos!

E, se eu estiver certo...

Você também já está me imaginando!

Estou assim, e sou assim, como não vê!

Dois invisíveis apaixonados, estão se sobrevoando!

E, um querer pôr dentro, preenchendo tanto,não a vejo,

 (mais não consigo,te esquecer ) .

Nos premeditamos pela sinceridade!

Somos apaixonados!

Amamos de verdade!

Amamos uma esperança,

com desejo e prazer,com defeitos e vaidades!

 E de antemão,

 já nós gera, lembranças!

 Já nós acomete, saudades...

E quando a gente se encontrar e estivermos frente a frente...

Vou repetir como todos,

"Foi amor a primeira Vista!"

Vamos tentar (nos mostrar indiferentes)...

Eu, como se nunca a tivesse (minha pretendida)...

Você confiante, me olha fingindo que acredita!

No fundo (nós) estamos em chamas,

sabemos que nosso amor foi previsto!

desde muito antes, a gente,( se Ama).

Amor!!! Sem a primeira vista...


Autor:

lorisvaldolopes.blogspot.com.br


 

Vou te oferecer um amor assim, tão forte...

Pra Tê-la aqui bem pertinho!

 Poder te esconder em meus abraços,

e te cobrir com o meu carinho?

Acariciada adormeces,

indefesa sobre o meu peito,

saciada agradece,com um gemido perfeito!
Enamorada pela admiração do meu olhar!

Descansa segura em nosso leito,

cobrir-te-ei com o meu amar!

Não deixarei que te aflijas a solidão,

nem permitirei que temas a insegurança!

Recoste teu rosto em minhas mãos,

serei para ti sempre presente,

o desejo que te alcança!

Apenas um Amor nos será suficiente,

para nos conduzir , por toda uma vida!

Estaremos juntos a cada sol poente,

e a cada lua avistada,

 a terei mais juntinha a mim, e mais apaixonada!

Serei eu teu abrigo,

e serás tu Mulher

o amor que eu preciso! 


 Autor:

lorisvaldolopes.blogspot.com.br 



Quando Você...

Quando você estiver triste, com o coração cheio
de mágoas, me procure. Se eu não puder ajudar,
prometo que tomarei um bom porre com você
e xingarei todos que te deixaram assim!
Quando você estiver feliz e quiser comemorar,
me procure. Se eu não puder ser aquela banda
que você deseja que toque, posso fazer muito
barulho, assobiando, gritando, cantando
e batendo as tampas da panela!
Quando você estiver pra baixo, me procure.
Posso não conseguir levantar seu astral,
mas prometo fazer de tudo para que
você não caia ainda mais!

Quando você estiver com medo de alguma coisa, 
me procure. Prometo que vou tirar um sarro da
sua cara, vou me virar do avesso de tanto
rir e você vai criar coragem na hora!
Quando você quiser choramingar pelos cantos,
me procure. Prometo contar muitas histórias 
horrorosas, uma pior que a outra e você
vai acabar com essas frescurinhas 
no mesmo instante!
Quando você estiver com uma confusão muito
grande na sua cabeça, me procure. Prometo
explicar minuciosamente o quanto você
não entende nada vezes nada!
Quando você começar a se irritar, por achar que
tudo que faço, é só para te irritar, me procure.
Então, nessa hora, farei você entender que
eu estou simplesmente querendo roubar
um sorriso seu, apenas porque:
Adoro você!

Ricardo Silva


A ÚLTIMA PÁGINA...

 

Chegando, o fim dos dias, vem,

não será permitido, o escolher!

E, eu vou seguindo, decidido...

Adeus planeta,

sonhos meus, vou ter que te esquecer!

Vou seguir, para onde se encerram as pressas!

"Cessarão os meus balidos!"

Nem me ouvirão mais, por aqui!

Por essa sina inevitável, vou consciente!

Por aqui ainda, o pouco que me restou,

Na colheita de minhas própria sementes

 será o muito que te olharei,

e o muito mais, que te amarei!

E quando fechar meus olhos então concordarei, 

"NADA ME FALTOU!!"

Ai então os fecharei,

para enxergar na eternidade!

Quando torna-los a abrir...

De tudo que sobrar de mim,

 reclamem de saudade!

Pois estou ansioso por este porvir!

Na terra celestial de anjos e querubins...

Vou ansioso conhecer meu rei!

Lá, belas poesias e novos cânticos, comporei,

 Uma nova canção para, além do fim!

(Para o meu Deus oferecerei)

" Só vou fechar meus olhos uma vez!!"

(para impedir o brotar das lágrimas)

"Por esta chama que não se apaga,

 não existe um talvez!"

 E minha historia seguirá,

 mesmo ao findar por aqui,

 o folhear da última página! 

 A última pagina...

Autor:  lorisvaldolopes.blogspot.com.br